Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402304 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403808 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4813 35980656 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4962 36917712 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402304 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403808 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4813 35980656 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4962 36917712 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402304 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403808 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4813 35980656 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4962 36917712 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402304 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403808 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4813 35980656 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4962 36917712 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Com pirão, Donana recebe troféu inovação do Senai

Com pirão, Donana recebe troféu inovação do Senai

 

Daniely Sotolani, do Instituto Senai, entrega troféu ao proprietário da Donana Alimentos, Antônio Lucena

Daniely Sotolani, do Instituto Senai, entrega troféu ao proprietário da Donana Alimentos, Antônio Lucena

O Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos e Bebidas (IST Alimentos e Bebidas) entregou, nesta quinta-feira (07), em Dourados, à indústria Donana Alimentos o troféu que aponta aprovação do projeto de pirão instantâneo de peixe pelo Edital Senai Sesi de Inovação. A ideia desse produto venceu o 1º Grand Prix Senai de Inovação realizado em novembro de 2014 em Mato Grosso do Sul.

Segundo a interlocutora de inovação do IST Alimentos e Bebidas, Daniely Sotoloni, a partir de agora a equipe técnica vai finalizar o protótipo do produto, o que está programado para ser concluído até outubro deste ano. “A expectativa é de que o pirão instantâneo de peixe esteja disponível no mercado até o fim do primeiro semestre de 2017”, declarou.

Ela informa ainda que o valor disponível para desenvolvimento do projeto é de R$ 664 mil, considerando a soma dos recursos aportados pelo Senai Nacional, Senai de Mato Grosso do Sul e a indústria de alimentos de Dourados. “Para nós do Senai, a aprovação do projeto é um fato fantástico, já que nossa linha de atuação está voltada ao segmento de alimentos. Ser reconhecido nacionalmente na elaboração de um novo produto para o mercado é uma grande satisfação”, declarou.

Além disso, Daniely Sotolani destacou que a elaboração do produto incentiva a culinária regional, dando visibilidade para pratos consumidos em Mato Grosso do Sul. “Assim, em breve, o País inteiro poderá conhecer e consumir o nosso pirão”, previu. Para o proprietário da Donana Alimentos, Antônio Lucena, a aprovação no edital é motivo de grande orgulho. “Trata-se de um produto diferente que nos deixa mais animados, pois não é fácil colocar nada novo no mercado. É grande o reconhecimento e muito gratificante recebê-lo. O pirão instantâneo de peixe com certeza vai levantar nosso mix e ser um importante diferencial”, projetou.