Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403856 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3312 8755280 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3476 9715536 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403856 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3312 8755280 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3476 9715536 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403856 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3312 8755280 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3476 9715536 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402432 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403856 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3312 8755280 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3476 9715536 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Comerciantes de Dourados param em apoio à paralisação dos caminhoneiros

Comerciantes de Dourados param em  apoio à paralisação dos caminhoneiros
Lojas ficaram fechadas no centro de Dourados por uma hora nesta segunda-feira. (Foto: Aced)

Lojas ficaram fechadas no centro de Dourados por uma hora nesta segunda-feira. (Foto: Aced)

Comerciantes de Dourados fecharam as portas nesta segunda-feira (28), em apoio à paralisação dos caminhoneiros e contra a alta carga tributária. No centro da cidade, a maior parte das lojas aderiu à mobilização que aconteceu das 15h às 16h.

Muitos empresários junto com os colaboradores aguardaram este período em frente às lojas, outros seguiram espontaneamente em passeata pelas ruas da cidade, carregando bandeiras. Enquanto as lojas fechavam, motoristas passaram pelo centro num ‘buzinaço’ em apoio à manifestação.

“O resultado foi muito positivo e conseguimos mostrar à nossa maneira o apoio à mobilização dos profissionais do setor de transportes e o quanto o valor dos combustíveis e a alta carga tributária preocupam também os comerciantes”, afirma a presidente da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), Elizabeth Rocha Salomão.

 A iniciativa de parar as atividades foi decidida em reunião realizada pela manhã. A medida foi adotada em conjunto pela Aced, CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas), Acomac (Associação dos Comerciantes Materiais para Construção), Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados) e Sindicato Rural.

 A mobilização ainda contou com o apoio da Faems (Federação das Associações Empresariais de Dourados) e Movimentos ‘Combustível Justo’ e ‘Menos Impostos, Mais Liberdade’.