Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5711 35993776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5957 36930192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5711 35993776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5957 36930192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5711 35993776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5957 36930192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.5711 35993776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5957 36930192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Com animais de R$ 2,5 mi, nelores entram na pista da Expoagro

Com animais de R$ 2,5 mi, nelores entram na pista da Expoagro

A 52ª Expoagro de Dourados, busca se consolidar no Centro-Oeste como uma das maiores. A cada ano, a feira inova para justamente se manter no topo. Exemplo disso é a participação da raça Nelore. Hoje, começam os julgamentos com a participação de 328 cabeças. Em 2015, houve 217. Essa edição, o número supera até mesmo Campo Grande. E é justamente a raça Nelore que abre um dos momentos alto da festa que é o julgamento. Esse ano, o animal líder do ranking nacional, Objuan, de 1.125 quilos e avaliado em R$ 2,5 milhões começa a busca por mais um título que já ultrapassa a 20 em todo o território nacional.

O número de argolas inscritas é muito comemorado pelos coordenadores da Expoagro. “Veja bem: estamos falando de Nelore. Não nos referimos a outras raças. Esse número para a Expoagro é acima do esperado e ficamos lisonjeados com a confiança dos produtores com a exposição”, disse Ramão Pedroso, organizador do julgamento.

Ramão Pedroso ao lado do animal Objuan, avaliado em R$ 2,5 milhões e o primeiro do ranking nacional Nelore (Foto:Eder Gonçalves)

Ramão Pedroso ao lado do animal Objuan, avaliado em R$ 2,5 milhões e o primeiro do ranking nacional Nelore (Foto:Eder Gonçalves)

Se essa quantidade de cabeças surpreendeu, Ramão não esconde a satisfação de ter na Expoagro o campeão do ‘Oscar’ do Nelore, pesando 1.125 quilos e avaliado em R$ 2,5 milhão: Objuan, de propriedade de Marcos e Marcio Rezende de Andrade da Jatobá Agropecuária, de Itaquirai. “Esse animal está no topo do ranking nacional. Para nós, é um luxo ele estar aqui”, comemora Pedroso. Com 30 meses, Objuan vem de pais campeões e destaques em feiras agropecuárias.

‘Não tem como dimensionar a importância desse animal na Expoagro. Ele é para ser admirado pela sua magnitude e exuberância”, observou Pedroso destacando os mais de 20 títulos no país. Porém, temos que esperar a avaliação dos juízes”, disse Pedroso.

 Na visão de Pedroso, a vinda dessas cabeças deixa claro duas situações. A primeira é em relação crise muito falada nos últimos meses que na visão dele, no setor agropecuário não existe. E o outro fator é a confiança dos criadores com a Expoagro. “Temos uma excelente estrutura. Isso gera confiança”, finalizou.

Na avaliação de Ramão, expositores e tratadores, a Expoagro tem uma estrutura respeitada e que valoriza todos. Por essa razão é uma feira que muitos querem participar. Ramão Pedroso valoriza uma das conquistas que buscava para o animal e também o tratador, que era a área do banhador, ou seja, onde os animais tomam banho e que ficava 300 metros longe dos pavilhões.

“Um animal avaliado em milhões de Reais e onde é tratado muito bem, não pode estressar. Tem que chegar no julgamento tranquilo. A nossa preocupação sempre foi essa, fazer com que esse banhador ficasse mais perto dos pavilhões de argola. Esse ano, está apenas a 10 metros do último pavilhão e 30 metros do primeiro. Um grande avanço”, observou Pedroso.