Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4915 36246776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5064 37190192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4915 36246776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5064 37190192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4915 36246776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5064 37190192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4915 36246776 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.5064 37190192 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Cinco municípios de MS estão entre os 100 com maior PIB do Brasil

Cinco municípios de MS estão entre os 100 com maior PIB do Brasil
Selvíria tem o terceiro maior PIB per capita do Brasil – Foto Arquivo

Cinco municípios de Mato Grosso do Sul estão entre os 100 com maior Produto Interno Bruto (PIB) per capita do Brasil, segundo a pesquisa Produto Interno Bruto – PIB dos Municípios de 2018, divulgada hoje pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O destaque do Estado é o município de Selvíria, que tem o terceiro maior PIB per capita do País.

O indicador corresponde a soma das riquezas produzidas pelo município dividida pelo número de habitantes.

Localizada na costa leste, no ano de referência Selvíria tinha população estimada de 6.515 habitantes, com PIB per capita de R $ 362.080,40.

O município saltou três posições no comparativo com 2017, quando ocupava a sexta posição no ranking nacional. Conforme o IBGE, o resultado é em razão da geração de energia hidrelétrica, da Usina de Ilha Solteira.

Também a integram dos 100 maiores PIBs per capita as cidades de:

  • Paraíso das Águas, na 36ª posição, com PIB per capita de R $ 132,985,33; 
  • Três Lagoas em 80º lugar, com PIB per capita de R $ 96.639,63
  • Costa Rica em 91º lugar, com R $ 88.940,58;
  •  Água Clara ocupa o 94º lugar, com PIB per capita de R $ 87.307,89. 

Em comparação com o ano anterior a search, 2017, o Estado ganhou um município a mais na lista dos 100, com a entrada da Costa Rica.

No Estado, a cidade com o menor PIR per capita é Paranhos, com R $ 11.995,49. (Confira a lista completa abaixo).

No Brasil, o maior PIB per capita é da cidade de Presidente Kennedy (ES), com PIB per capita de R $ 583.171,84 e população estimada, em 2018, de 11.488 habitantes.

Conforme a pesquisa, Campo Grande e Três Lagoas entraram no ranking dos 100 municípios que detêm os maiores PIB.

Campo Grande ocupa o 29º lugar na lista, com um PIB a preços correntes de cerca de R $ 29,2 bilhões, o que representa uma participação de 0,42% no PIB nacional. 

Já Três Lagoas ficou em 91º lugar, com PIB de R $ 11,5 bilhões. 

No País, os maiores PIBs são de São Paulo / SP (R $ 714,7 bilhões); Rio de Janeiro / RJ (R $ 364 bilhões) e Brasília / DF (R $ 254,8 bilhões).

Campo Grande e Três Lagoas também são as cidades do Estado no ranking entre as 100 com maior valor adicionado da indústria, a preços correntes, sendo Três Lagoas em 30º lugar, com valor adicionado bruto de R $ 6,4 milhões, e Campo Grande em 73º lugar e valor adicionado bruto de R $ 3,8 bilhões.

Simplesmente os números do Estado, Campo Grande tem o maior PIB entre os 79 municípios.