Captação de eventos aquece turismo em Bonito e garante movimentação até 2019

Uma das formas de promover o Estado por meio dos atrativos de Bonito-MS e região é captar eventos indutores de fluxo turístico. O Programa de Embaixadores de Eventos em Bonito é uma das ferramentas disponibilizadas pela entidade. O principal objetivo do programa é inserir a cidade de Bonito e o estado de Mato Grosso do Sul na rota dos eventos técnico-científicos estaduais, nacionais e internacionais. Segundo a entidade, grandes eventos já estão captados para 2018 e 2019, e alguns em fase de captação.

Os Embaixadores de Eventos recebem alguns serviços, como apoio de marketing, material promocional, vídeos, visitas de inspeção, entre outros. É dado suporte desde a análise de viabilidade até o apoio dado durante a realização do evento.  “Acredito que essa seja uma das formas mais eficazes de incentivar esta integração, trazendo grandes eventos técnico-científicos nacionais e internacionais para nosso Estado”, destaca o presidente do BCVB, Rodrigo Coinete.

A cidade oferece ampla estrutura para a realização de eventos, aproveitando os períodos de baixa temporada. Com isso, espera-se trazer ao Estado feiras, congressos, workshops, entre outros, dando oportunidades a um grande número de estudantes, profissionais, pesquisadores e instituições locais a realizarem troca de conhecimentos e transferências de tecnologias.

Todos os profissionais, de associações ou entidades, que tiverem o interesse em trazer algum evento para Mato Grosso do Sul, são potenciais embaixadores e podem se juntar a esta crescente comunidade, sem custo. Basta entrar em contato com o Bonito CVB.

Outro instrumento coordenado pelo Bonito CVB, em parceria com a Prefeitura Municipal e a Fecomércio-MS, é a Observatório do Turismo e Eventos de Bonito. O objetivo é fazer um levantamento sistemático e contínuo de dados relevantes sobre a atividade turística em Bonito-MS. Todos os dados coletados são processados e divulgados regularmente via o Boletim Informativo mensal para a imprensa, gestores, profissionais, estudantes e interessados na atividade turística de nosso destino.

O observatório monitora, por exemplo, os preços da rede hoteleira, evidenciando a competitividade existente na região. “Isso traz muitos subsídios para quem tem interesse em trazer eventos para Bonito. Verificamos que a nossa oportunidade de crescimento da atividade turística está nos meses de baixa temporada”, complementa Coinete.