Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401288 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401560 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3167 8705376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3266 9149320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401288 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401560 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3167 8705376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3266 9149320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401288 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401560 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3167 8705376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3266 9149320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0000 401288 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0000 401560 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.3167 8705376 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.3266 9149320 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Bonito recebe 157 mil turistas de janeiro a setembro; 100% dos entrevistados respondem positivamente

Bonito recebe 157 mil turistas de janeiro a setembro; 100% dos entrevistados respondem positivamente

 

bonito-cachoeira_do_desejo_-_waterfall_-_jeilson_andrade

Cachoeira do Desejo, um dos atrativos de Bonito. (Foto: Jeilson Andrade/Divulgação).

A procura por destinos que proporcionem ecoturismo e contato mais próximo com a natureza continua em alta. Em Bonito-MS, o número de visitas ao destino aumentou em 9,5% se comparado ao ano passado. Dados divulgados pelo Observatório do Turismo e Eventos de Bonito revelam que a cidade recebeu de janeiro a setembro deste ano, a visita de 157.540 turistas. No mesmo período de 2015, 143.748 pessoas haviam frequentado o destino.

O levantamento traz, ainda, informações referentes ao mês de setembro. De acordo com o Observatório, a taxa de ocupação da rede hoteleira nesse mês chegou a 59%. No mesmo período do ano passado, o percentual registrado foi de 57%. “Os números mostram o potencial que o destino apresenta, confirmando uma estrutura turística de excelência, com várias opções para receber públicos diversos”, ressalta o presidente do Bonito Convention & Visitors Bureau, Rodrigo Coinete.

Somente no mês de setembro, a cidade recebeu 19.281 visitantes, número considerado bom para um período de baixa temporada. Um dos atrativos mais procurados, a Gruta do Lago Azul registrou 31,99% de visitas vindas de São Paulo, 11,77% do Rio de Janeiro, 9,55% do Rio Grande do Sul, 8,54% do Paraná e 6,61 de Mato Grosso do Sul. Já entre os turistas estrangeiros que frequentaram o local, a Alemanha lidera o ranking, com 1,41%, seguida dos EUA (1,22%), Paraguai (0,96%), França (0,75%) e Holanda (0,75%).

 

Feriado de Nossa Senhora Aparecida

O Observatório do Turismo e Eventos de Bonito também divulgou uma pesquisa realizada durante o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida. Entre os dias 10 e 14 de outubro, os turistas foram ouvidos com o objetivo de se traçar um perfil e nível de satisfação. Dos turistas entrevistas, 96% eram brasileiros e 4% estrangeiros.

De acordo com a instituição, durante o período de 10 a 12 de outubro, a cidade recebeu muitos turistas de Mato Grosso do Sul, que visitaram principalmente os balneários público e privados. Já nos dias 13 e 14, foi observada maior presença de visitantes de outros estados do Brasil. As condições climáticas da época, com dias ensolarados e calor, foram favoráveis aos bons números do turismo na ocasião.

Ainda conforme a pesquisa houve maior concentração de pessoas nos balneários (79%), flutuação (58%), gruta (58%), cachoeira (43%), passeio de bote (28%), entre outros. Os turistas avaliaram, também se as expectativas em relação à cidade foram atendidas. Para 46% dos entrevistados, o destino superou as expectativas, e para outros 41%, a cidade atendeu o esperado. Os participantes da pesquisa foram unânimes ao responderem se recomendariam a cidade como destino turístico: 100% responderam positivamente.

O Observatório do Turismo e Eventos de Bonito é realizado pelo Bonito Convention & Visitors Bureau, em parceria com a Prefeitura Municipal e a Fecomércio-MS.