Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402496 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404000 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4712 36535664 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4854 37489640 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402496 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404000 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4712 36535664 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4854 37489640 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402496 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404000 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4712 36535664 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4854 37489640 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402496 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0001 404000 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4712 36535664 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4854 37489640 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Bem-vindo a Joinville, a cidade da arquitetura germânica e influência de várias culturas

Bem-vindo a Joinville, a cidade da arquitetura germânica e influência de várias culturas

Arquitetura germânica, gastronomia com influência de várias culturas, patrimônio histórico-cultural valorizado e atrativos rurais em uma cidade com vocação para a indústria. Tudo isso pode ser encontrado em Joinville, o município mais populoso de Santa Catarina com cerca de 530 mil habitantes, e localizado no norte do estado.

O patrimônio histórico da cidade se apresenta também no Pórtico e Moinho da Rua XV – no Mercado Público – em estilo germânico que tem oferta também de acarajé e tapioca; o Museu Nacional da Imigração e Colonização e o Mirante de Joinville, de onde se avista toda a cidade e a baia Babitonga.  No quesito cultura, o Instituto Internacional Juarez Machado é a pedida para se apreciar obras do artista plástico e de outros artistas do país.

Na zona rural, a produção de flores, no empreendimento Agrícola da Ilha – propriedade da Família Ango -, são exemplos de produção associada que enriquece o turismo local.  Uma parada na Casa Kruger, considerada o portal do turismo ecorural em Joinville e um exemplar do estilo enxaimel (estrutura de madeira preenchida com tijolos sem utilização de pregos), vai deixar o visitante bem informado sobre os atrativos das estradas Dona Francisca e Bonita, que faz jus ao nome. As duas dão acesso a propriedades rurais onde se pode apreciar pratos da mais representativa cozinha joinvilense com sabores das cozinhas germânica, portuguesa, italiana misturados com a influência indígena e africana. Duas fábricas para a produção de vinho e cerveja, instaladas em Joinville, completam os cardápios.

No rol de passeio imperdíveis destaca-se a Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, única no mundo a adotar o método de ensino da instituição russa famosa mundialmente. Atrativos mais pitorescos são o Museu do Ferro de Passar, com modelos garimpados em dezenas de países e o Museu da Bicicleta, com uma extensa coleção de modelos raros e exclusivos que fazem a cronologia da história do veículo. A Estação de Passageiros lembra os tempos em que o trem era o principal meio de transporte no país. (Por Walquíria Henriques, do MTur).