Warning: Use of undefined constant ‘imagem - assumed '‘imagem' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4739 35980456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4878 36914384 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: Use of undefined constant noticias’ - assumed 'noticias’' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4739 35980456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4878 36914384 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4739 35980456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4878 36914384 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106 Warning: A non-numeric value encountered in /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php on line 52 Call Stack: 0.0001 402368 1. {main}() /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:0 0.0002 403872 2. require('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/index.php:17 0.4739 35980456 3. require_once('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-blog-header.php:19 0.4878 36914384 4. include('/home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-content/themes/IndicadorEco_2_0/single.php') /home/indicadoreconomico.com.br/public/wp-includes/template-loader.php:106

Apenas Figueirão e Japorã não tem não têm casos de Covid em MS

Apenas Figueirão e Japorã não tem não têm casos de Covid em MS

mapa ms

Com 21.514 casos confirmados de Covid-19 e 305 mortes por doença, o Mato Grosso do Sul tem apenas dois, dos 79 municípios, que não registraram nenhum caso positivo até este domingo.

Figueirão, no centro norte do Estado, e Japorã, ou extremo sul, permanecem livres de coronavírus em meio a pandemia e aumento de casos no estado.

Até a última terça-feira (21), havia quatro municípios, mas o Sete Quedas teve o primeiro resultado positivo na quarta-feira (22), enquanto Pedro Gomes, que também seguiu sem registros, entrou no mapa de municípios afetados pela doença ontem.

Apesar de seguir por quatro meses sem casos confirmados, a tendência é que todos os venham sejam afetados em algum momento, segundo ou secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

Ao vivo no Facebook, Resende destacou o aumento expressivo da Covid-19 no Estado neste mês. Segundo, apenas nesta última semana, houve um aumento de 70% nos casos positivos, na comparação com uma semana anterior.

Prefeitos das cidades sem registros registrados no Correio do Estado , no início da semana, que medidas tomadas logo no início da pandemia resultaram na ausência de casos.

Resende, no entanto, não se mantém otimista e acredita que o aumento da curva deve atingir todos os municípios “mais cedo ou mais tarde”, segundo Resende, que explora como as cidades que ainda mantém imunes ao coronavírus tem baixa velocidade urbana e baixa troca com os municípios do entorno.

Atualmente, 21.514 casos confirmados de coronavírus, segundo ou boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde.

No total, 5.497 estão em isolamento social e 458 pessoas estão internadas, sendo 5 de outros estados, 247 pessoas em leitos clínicos e 216 em leitos da UTI.