Ampliação do aeroporto deve começar em junho

Ampliação do aeroporto deve começar em junho

aeroporto

O general William esteve na Prefeitura mantendo contatos com o assessor especial de Planejamento Estratégico, José Elias Moreira e aproveitou para informar à prefeita sobre os procedimentos que já foram encaminhados nesse projeto do aeroporto, como a licitação realizada na semana passada e os primeiros passos dados para o cumprimento do TED (Termo de Execução Descentralizada), o instrumento que vai permitir a execução dessas benfeitorias.

A prefeita agradeceu a visita e disse que Dourados considera estratégica essa obra, para poder avançar em novas frentes, como definiu o secretário de Governo, Celso Schuch: “Buscar a nossa independência econômica e a descentralização do eixo de desenvolvimento regional”.

De acordo com o comandante da Brigada, o investimento global da ordem de R$ 49 milhões, alocados no PIL (Programa de Investimento em Logística), será aplicado rigorosamente dentro dos princípios da correção, seguindo os dispositivos da Lei 8.666 [que trata dos processos licitatórios] “para dotar a cidade de um apoio importante e estratégico para a segurança e defesa, considerando a nossa proximidade com a fronteira”.

O general William disse, ainda, que as obras no aeroporto de Dourados vão envolver equipes dos Batalhões de Cuiabá, no Mato Grosso, e de Aquidauana e Jardim, em Mato Grosso do Sul, além de pessoal especializado de Minas Gerais. Depois da ampliação e restauração da pista de pouso e decolagem, execução de nova pista de taxiway, pátio de aeronaves e áreas de escape, o Município estará habilitado a receber modelos 800 do Boeing 737, com capacidade para até 180 passageiros.